5 Ideias para organizar brinquedos: casa arrumada de forma prática!

Manter a casa sempre organizada não é tão simples, ainda mais para quem tem crianças na família. Por isso, contar com ideias para organizar brinquedos é essencial para deixar o dia a dia mais prático e a casa sempre arrumadinha.

Melhor ainda é se você puder ensinar as crianças a organizarem seus brinquedos de forma divertida e lúdica, para que elas desenvolvam responsabilidade e aprendam a ajudar desde cedo, não é?

Isso não quer dizer ditar regras e acabar com a diversão, mas desenvolver hábitos saudáveis que vão impactar a vida inteira delas. E como fazer isso? Conte conosco! A Acrílicos Centauri preparou 5 dicas simples para organização de brinquedos de forma prática e divertida.

Ainda, trouxemos dicas para você desenvolver o hábito da organização nos pequenos e deixar o seu lar ainda mais aconchegante.

Quer saber tudo sobre esse tema? Então, vem com a gente!

1. Use e abuse de nichos e prateleiras

nichos em acrílico transparente

Se tem uma coisa indispensável quando o assunto é organização, são os nichos, seja os de parede ou os móveis. Afinal, eles são práticos e auxiliam no aproveitamento do espaço, sendo essencial para quem tem um quarto pequeno para organizar os brinquedos.

Com os nichos, você pode dispor brinquedos nas paredes de forma organizada e até decorativa. Com tudo bem organizado, os itens podem ajudar a deixar o ambiente mais divertido e lúdico, promovendo as brincadeiras.

As prateleiras também são muito usadas, por permitirem que aproveitemos as paredes para organizar. Nela, os livros das histórias preferidas podem ser expostos e, com modelos com borda, pode deixar os itens de pintura dos pequenos.

Lembre-se que, se muito altas, somente um adulto poderá alcançar os objetos dispostos nos nichos e nas prateleiras. Para estimular a independência dos pequenos, aposte em alguns à altura deles, com objetos que não quebrem, assim eles podem pegar e guardar sempre que precisarem.

2. Aposte nas caixas organizadoras

caixas organizadoras de acrilicos para guardar brinquedo

O próprio nome já diz tudo: caixas organizadoras são feitas para organizar, mas não é só isso! Geralmente, esses itens de organização contam com visuais elaborados, cores e até estampas, para que desempenhem função decorativa também.

Assim, para usá-las na organização dos brinquedos, aposte em modelos com cores vivas e divertidas, como as primárias, ou que combinem com a decoração do ambiente. Se as crianças forem pequenas, você pode optar por caixas com desenhos de animais e outras animações.

E se você quer gastar pouco, também é possível usar caixas de papelão para organizar. Busque modelos de tamanhos médios ou grandes que sejam fundos e decore à sua maneira, podendo usar tecido, papel adesivo, pintura e mais – até os pequenos podem te ajudar.

Lembre de revestir a parte interna também, deixando um acabamento impecável. O ideal é contar com caixas organizadoras com tampa, para que, caso exista uma baguncinha dentro dela, fique escondida.

Para que os pequenos usem as caixas, você pode dispô-las em locais estratégicos da casa e do quarto, que fiquem ao alcance das crianças.

3. Cada coisa em seu lugar: use etiquetas

prateleiras com etiquetas em brinquedos

Além de ter espaços para guardar os brinquedos de forma organizada, é preciso que cada item tenha seu lugar próprio definido, se não vai ser um desafio enorme encontrar um brinquedo toda vez que seus filhos quiserem brincar.

Por isso, defina o lugar de cada tipo de brinquedo previamente, sendo interessante convidar os pequenos para definir isso juntos. Vocês podem considerar os brinquedos que elas mais usam para deixar em locais de fácil acesso, definir pela quantidade de brinquedos de cada tipo para saber o espaço necessário e assim por diante.

Por exemplo, se a criança tem muitos carrinhos e é o brinquedo preferido, uma caixa grande com todos eles pode resolver o problema – mas usar nichos personalizados para colocar todos os carrinhos expostos permite usá-los na decoração e torna mais fácil encontrar um modelo específico.

Use etiquetas para nomear cada caixa usada para organização, assim, a criança sabe o que vai em cada uma e onde encontrar seus brinquedos, auxiliando na autonomia dos pequenos.

Você também pode customizar as caixas e colar figuras do tipo de brinquedo que tem nela, trabalhando ainda mais o aspecto visual – abuse da criatividade!

4. Carrinhos organizadores: praticidade no dia a dia

Geralmente, os brinquedos são guardados no quarto infantil ou na brinquedoteca, em casas que contam com esses espaços – eles são tem seu lugarzinho especial na casa. No entanto, a gente sabe que a criançada acaba brincando em quase todos os ambientes, não é?!

Se não existe o hábito de organizar os brinquedos depois da brincadeira, já viu: bonequinhos jogados pelo chão da sala, brinquedos no balcão da cozinha, peças perdidas, crianças chorando… O próprio caos pode se instalar.

Por isso os carrinhos organizadores são excelentes opções para facilitar esse processo. Com eles, você pode organizar os brinquedos que os pequenos mais usam, cada qual em uma caixa, e arrastar o carrinho até o local das brincadeiras.

Assim, quando eles finalizarem, basta guardar cada coisa em sua gaveta no carrinho que já está bem ali. O máximo de trabalho que você pode ter é levar o carrinho de um lado ao outro (mas dependendo do tamanho da criança, ela pode fazer isso), e cá entre nós, é mais fácil do que levar um monte de brinquedo na mão.

Além disso, eles são muito funcionais para guardar aqueles itens pequenos que as crianças têm aos montes, como lápis de cor, massinhas de modelar, roupinhas de boneca e assim por diante.

Quando elas crescerem, você fica com o carrinho pra si e pode organizar outros itens da casa.

5. Aproveite cada espaço de forma funcional

organizador de prateleira de acrílico transparente

Além de saber como organizar os brinquedos, é importante pensar onde você pode guardá-los para aproveitar os espaços da casa e tornar a organização funcional, seja porque o espaço do quarto é pequeno ou porque a criança tem muitos brinquedos.

Por exemplo, já imaginou usar o espaço debaixo da cama? Não basta jogar tudo lá embaixo, mas usar caixas que caibam para guardar alguns brinquedos – optar por camas-baú também é uma possibilidade.

Atrás da porta também podem ser guardados alguns itens, basta você utilizar sacos organizadores para pendurar alguns brinquedos. Na sala, você pode manter um cesto organizador no cantinho ao lado do sofá, ou em uma gaveta do hack.

A organização é um hábito: como incentivar os pequenos?

Agora que já demos várias dicas, ao longo de todo o nosso conteúdo, você percebeu que falamos sobre incluir as crianças no processo de organização dos brinquedos, mas pode estar se perguntando: como?

De fato, não é tão simples quanto parece criar um hábito de organização nas crianças e isso nem deve ser feito de forma tão rígida, afinal, elas querem brincar e se divertir, mas precisam de disciplina e responsabilidade.

Confira nossas dicas para envolver as crianças nesse processo:

Muita conversa e exemplo

Enquanto pais e adultos, as crianças tendem a seguir o que falamos e fazemos e a reproduzir tudo isso, por isso, se você quer que seus filhos criem o hábito da organização, converse com eles sobre isso.

Explique sobre por que tudo deve estar arrumado, o que você espera deles, os benefícios dessa organização e tudo mais, fazendo com que isso se torne importante para eles também.

Ensine de forma lúdica

Todo o papo sobre organização pode ser maçante para os pequenos, por isso é importante trazer abordagens lúdicas e divertidas para ensiná-los a como organizar os brinquedos.

Vocês podem fazer uma brincadeira de quiz sobre onde fica cada brinquedo, quando eles devem ser guardados e tudo mais. Cada resposta certa pode dar direito a um prêmio, incentivando-os a prestar atenção no processo e internalizá-lo.

Estabeleça metas, desafios e consequências

Outra forma de estimular as crianças no estabelecimento desse hábito é propor desafios e metas, bem como consequências caso elas não sejam alcançadas. Por exemplo, desafie os pequenos a manter o processo por um período de tempo, se conseguirem, eles poderão ganhar algum tipo de recompensa, que não precisa ser grandiosa, se não conseguirem, haverá algum tipo de punição – ficar sem um brinquedo que gostem por um tempo, perder um presente, assim por diante.

Desse modo, eles terão um motivo a mais para deixar tudo arrumadinho e, com o tempo, essas recompensas podem se tornar mais simples e rotineiras, melhorando até o relacionamento da família.

Viu só quanta dica boa? Coloque elas em prática e veja mudanças na rotina e na organização do seu lar! Depois conta pra gente se deram certo ou se você fez algo diferente, vamos adorar saber!

Se você tem filhos pequenos, aprenda como organizar a cômoda infantil aqui no nosso blog!

Até a próxima.

Deixe um comentário